top of page

Fique por dentro de nossos Eventos, Palestras,Workshops e Artigos

A EFICÁCIA DO REIKI COMO TERAPIA COMPLEMENTAR


Fiz uma postagem lá no meu Instagram e resolvi trazer aqui de maneira mais aprofundada.

Dentre as terapias alternativas e complementares, você já conhece o REIKI?

Bem, é uma terapia alternativa incrivelmente benéfica que traz muitos benefícios e transformações.

O Reiki foi descoberto por um monge budista japonês chamado Mikao Usui (1865 e 1926). Dr Mikao Usui dedicou sua vida a compreender e descobrir sobre os poderes humanos de cura.

Passou muitos anos estudando e buscando conhecimentos com sábios e monges budistas, mas foi através de suas meditações e experiências com outras pessoas que ele pôde encontrar a cura com o Reiki.

Dr Usui praticou e ensinou Reiki pelo Japão até o final de sua vida e deixou 16 discípulos, que puderam repassar seus conhecimentos, transmitindo-os de geração em geração até os dias de hoje.

O significado da palavra Reiki é energia vital universal: Rei significa universal ou sabedoria universal. E Ki é a energia que alimenta e move todas as formas de vida existentes. Em outras palavras, Reiki é uma espécie de força movida por uma inteligência superior – Reiki está em tudo que existe, inclusive dentro de nós, seres humanos.


Quando estamos saudáveis, essa energia flui livremente por todo nosso corpo – Nos sentimos bem, entusiasmados e em harmonia com a vida. Por outro lado, nosso fluxo de energia vital é impactado quando acreditamos, consciente ou inconscientemente, em pensamentos ou sentimentos negativos em relação a nós mesmo ou aos demais. Surgem então tensões, traumas e bloqueios físicos.

É claro que isso faz parte da experiência humana, mas com o passar dos anos todos nós queremos e desejamos descontruir crenças e curar o que deixou marcas. E o Reiki é uma terapia que pode nos ajudar e muito, nesse processo.

Em uma sessão de Reiki o terapeuta posiciona as mãos sobre os principais centros energéticos do paciente- os 7 chakras. O terapeuta se conecta com o Reiki (energia vital), que está presente em tudo, em todos os espaços e momentos, e atua como um canal, enviando-a para o paciente. Não se pode ver, mas, ondas de energia permanecem ao nosso redor a todo tempo. E o terapeuta, através da meditação e concentração, “sintoniza” essa frequência, passando-a ao receptor, com a intenção de cura.

Importante esclarecer que a energia enviada não é a energia do terapeuta, e sim a energia do Reiki – o terapeuta é apenas um facilitador. A energia do Reiki atua sobre e tem o poder de curar doenças ou desequilíbrios nos níveis físico, mental e espiritual.

Sabemos que os benefícios podem ser imediatos ou podem aparecer com o passar dos dias. Se feito regularmente pode melhorar a imunidade, as funções dos órgãos, reduzir o estresse, aliviar dores físicas e promover expansão de consciência.


Diante de toda essa manifestação e benefícios do REIKI , uma pesquisa experimental estudou os efeitos do Reiki em pessoas com a pressão arterial alterada e comprovou a sua eficácia e auxílio nestes casos.

Vejamos: As terapias complementares com sua dimensão holística podem ser ferramentas úteis para o enfrentamento do desafio apontado aqui, como a hipertensão, na medida em que auxiliam na manutenção da homeostase ao longo da vida.

A pressão arterial anormal é o sinal mais comum de hipertensão que é reconhecida como o principal fator de risco para morbidade e mortalidade cardiovascular. A principal causa de mortalidade no Brasil e no mundo encontra-se no grupo das doenças cardiovasculares.

A hipertensão atinge mais de um bilhão de pessoas no mundo e os prognósticos indicam que até 2025 o número de pessoas com esse problema poderá aumentar em 29%. No Brasil, é uma doença de alta prevalência, com taxas que variam de 22% a 44% .

A harmonia, quantidade e equilíbrio da Energia Vital no corpo são essenciais para a saúde e bom funcionamento do ser. Ao nascer temos um certo nível dessa energia, porém, ao gastar várias quantidades dela no dia-a-dia sem ter uma recuperação satisfatória, provavelmente enfrentaremos desequilíbrios físicos, emocionais, mentais e/ou doenças.

A pesquisa que apontamos aqui (Acta Paul Enferm. 27 (5) • Set-Out 2014), foi uma pesquisa experimental realizada, duplo cego, na qual foram incluídos 66 hipertensos randomizados para 3 grupos de estudo: controle, placebo, experimental. A intervenção teve duração de 20 minutos, o grupo controle permaneceu em repouso, o grupo placebo recebeu uma imitação da técnica estudada e o grupo experimental recebeu a técnica de Reiki. A pressão arterial foi aferida antes e depois da intervenção pela mesma pessoa e pelo mesmo aparelho.

Os testes Qui-quadrado e ANOVA mostraram que os grupos foram homogêneos em relação a variáveis como sexo e idade. Os valores iniciais máximo e médio da pressão arterial foram maiores no grupo Reiki (média de 161,0 e 128,4, respectivamente) e o valor mínimo inicial da pressão arterial foi maior no grupo controle (média de 97,3). A escolha do teste estatístico levou em consideração essas diferenças.

Os voluntários convivem com a hipertensão há, em média, 12 anos e, embora seus valores de pressão arterial fossem iguais ou superiores a 140 x 90 mmHg, quase todos relataram seguir a dieta recomendada e fazer uso da medicação prescrita. A maioria da amostra foi composta por voluntários do sexo feminino (66,6%) com idade média de 60 anos.


O resultado mostrou uma redução da pressão arterial em todos os três grupos, mas foi mais pronunciada no grupo experimental. Uma diferença estatisticamente significativa também foi demonstrada entre os grupos, com destaque para o resultado do grupo experimental, conforme foi aferido pela pesquisa.

Ou seja, apesar de os resultados, mostrarem que houve diminuição da pressão arterial nos três grupos, a redução maior foi no grupo experimental, seguido pelo grupo placebo e depois controle.

O modelo da pesquisa – ANOVA - para medidas repetidas, mostrou que houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos.

E a conclusão que se obteve foi a de que o Reiki teve efeito positivo na diminuição da pressão arterial, sugerindo ser uma técnica complementar para o controle da hipertensão. Ou seja, o Reiki comprovadamente contribui nos casos de hipertensão.

Trouxe essa pesquisa e essas reflexões, para que com isso, possamos ter a segurança e comprovação desta técnica tão maravilhosa, de forma que possamos lançar mão desta terapia complementar que é o Reiki, não somente neste caso de hipertensão, mas em todos os casos em que se deseja a cura.

Vamos nos beneficiar deste conhecimento e método para manutenção da nossa saúde e bem estar.


Gostou dessa pesquisa? Você já faz o Reiki como terapia complementar?


Informação é o melhor remédio!

Comments


Posts em destaque
Recentes Posts
Procure por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page