Como ficar de plantão em aplicativos de mensagens no celular pode afetar sua saúde mental



Ansiedade, insegurança e ciúme são resultados decorrentes do uso indiscriminado de app de mensagens Quantas vezes você pega o celular para checar mensagens por dia? Com quantos grupos de amigos, familiares e colegas de trabalho conversa diariamente? Qual a sua tolerância na espera para receber uma resposta? As mensagens acumuladas esperando por respostas te deixam angustiado? Aplicativos de mensagens instantâneas estão disseminados no Brasil e no mundo, em nome da velocidade, custos mais baixos e praticidade na comunicação. O outro lado da moeda é a crescente dependência social desses apps e a ansiedade produzida pela sensação de estar ligado e em dívida o tempo todo, alertam especialistas. "O que está acontecendo basicamente é que as pessoas ficam de plantão o dia inteiro, e claro que isso é maléfico. Elas não descansam, não têm um momento de parar. Isso gera estresse, que pode desencadear quadros como depressão e ansiedade", adverte o psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, presidente eleito da Associação Psiquiátrica da América Latina (Apal). Uma “conversa” pressupõe uma resposta imediata, “pá-pum”. E os comunicadores instantâneos permitem que as interações se sucedam quase como se os interlocutores estivessem face a face. Permitem até saber se uma resposta está em construção ou se já foi lida, por exemplo. O problema é que os comunicadores são “instantâneos” para quem os manda, mas não necessariamente para quem os recebe, como explica a psicóloga Andréa Jotta, do Laboratório de Estudos de Psicologia e Tecnologias da Informação e Comunicação (Janus) da PUC-SP. Segundo ela, a demora na resposta pode causar reações de insegurança, ciúme, ansiedade. 

Fonte:  univadis.com17hs


0 visualização

RESPONSÁVEL TÉCNICO:       dr. Juarez Furtado 

CRM6573  - RQE 3454  - RQE  14313

ENDEREÇO

AV.  Cel Marcos Konder 1207 sl.69

CENTRO - ITAJAI -  SC - 88301303

CONTATO

Telefone     47 3349.2960

Whatsapp   47 99118.2661

© 2014 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS   SAUDE EM DIA S/S