DENGUE.. Sim..ela ja chegou aqui !


Como não existe vacina contra a dengue, a única maneira de prevenir a doença é impedir o criadouro do mosquito vetor. A maioria dos criadouros está localizada em imóveis residenciais e comerciais. Esses criadouros são facilmente evitáveis e o seu controle e manejo, bastante simples. Geralmente, as larvas são encontradas em vasos e pratos de plantas, além de recipientes como latas, garrafas, pneus e embalagens em geral. Também merecem atenção pátios, calhas e ralos, sujeitos à retenção da água da chuva, além dos utensílios utilizados para armazenamento de água para consumo doméstico, de animais, para lazer, entre outras finalidades.

Para evitar a proliferação do mosquito vetor, é necessário, portanto: - retirar os pratos dos vasos de plantas ou enchê-los até a borda com areia; - eliminar todos os materiais que não têm serventia do pátio; - colocar telas milimétricas (malha de 1mm entre nós) nos ralos; - fazer limpeza semanal das calhas; e - manter bem vedados recipientes com armazenamento de água para consumo. - na ocorrência de chuvas, intensificar cuidados para evitar o acúmulo de água neses recipientes:

- Repelentes, como o próprio nome diz, repelem os mosquito, não são capazes de matá-los. Eles funcionam como uma película que afasta o mosquito, impedindo que ele pouse na pele. O mosquito da dengue, especificamente, tem hábitos diurnos. Por isso, os produtos em forma de creme ou gel devem ser aplicados sempre de manhã e reaplicados de duas em duas horas ou conforme as recomendações dos fabricantes. Pessoas que transpiram demais devem fazer aplicações com mais frequência - explica a especialista.

A variedade de tipos de repelentes no mercado também causa dúvidas sobre na hora de comprar. Os mais comuns são os químicos, em formas de loção, creme, gel, spray ou aerosol. Esses produtos são fabricados à base dos princípio ativos dietiltoluamida (DEET) e icaridina, capazes de espantar uma série de insetos, não só mosquitos. No entanto é preciso ter atenção na hora de comprar esses produtos, pois nem todos atendem às recomendações da Organização Mundial da Saúde e alerta para a pouca eficiência de repelentes naturais, como citronela, no combate ao mosquito da dengue.

- Os princípios ativos recomendados pela OMS são os que possuem de 20 a 50 por cento de DEET, 20 a 25 por cento de icaridina e 30% do composto químico IR 3535. que são capazes de proteger por mais de dez horas. O Aedes aegypti é um mosquito difícil de repelir. Alguns estudos mostram que a citronela, comparada com outros agentes, é a que tem menor poder repelente. É importante ressaltar que deve-se procurar por produtos aprovados pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa. Isso garante que o produto seja eficaz .

O uso desses produtos, entretanto, tem algumas restrições.

Bebês de até seis meses não devem usar nenhum tipo de substância desse tipo na pele ou repelentes elétricos que liberam princípios ativos químicos. A maioria dos fabricantes, inclusive, só os recomendam para crianças acima de dois anos. Grávidas devem entrar consultar seus obstetras antes de usarem qualquer tipo de repelente.

- Uma boa ideia é instalar telas mosquiteiras nas janelas e portas da casa. As mães podem também vestir as crianças com roupas claras, pois as coloridas atraem os insetos.

Tipos de repelentes:

- Loções, cremes, gels ou sparys à base de DEET: recomendados para adultos e crianças acima de dois anos. Não devem ser utilizados em bebês e grávidas. Dê preferência para os que contenham pelo menos 20% de icaridina, 20% de DEET e 30% do composto químico IR 3535

- Naturais (citronela): não têm restrições de uso, mas têm poder repelente menor. Não são eficazes na prevenção de picadas do Aedes aegypti.

- Elétricos: também não devem ser utilizados em ambientes com crianças com menos de dois anos, pois liberam substâncias químicas. A indicação é para uso noturno e garante a proteção em espaços com até 10 metros quadrados. Ambientes maiores exigem o uso de mais de uma unidade do produto.

A linha de produtos mais efetiva como REPELENTES é a EXPOSIS...

encontre mais detalhes aqui .

Outras opçoes para eliminar a evolução do inseto

Pesquisadoras da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de São José do Rio Preto (SP) descobriram que a cafeína é fatal para o desenvolvimento da larva do Aedes aegypti. No estudo, elas verificaram que quanto maior a concentração de cafeína na água parada contida em vasos, ralos e plantas, menor o tempo de vida das larvas. De acordo com as cientistas, foi registrada uma taxa de mortalidade de 100%. Nenhuma das larvas conseguiu chegar ao último estágio de desenvolvimento.

Resultados semelhantes foram obtidos com a borra de café. Em laboratório, quatro colheres de sopa de borra de café bloquearam o desenvolvimento de larvas mergulhadas no equivalente a um copo de água.

Em situações de epidemia de dengue, o método de combate mais usado contra a reprodução do mosquito é a aplicação de inseticidas, mas a maioria desses produtos é tóxica. Além disso, com o tempo, os mosquitos podem adquirir resistência a essas substâncias. A borra de café funciona como um inseticida natural e não faz mal para seres humanos, animais e plantas.

Outros produtos, como o sal de cozinha e a água sanitária, têm sido recomendados contra o Aedes egypti. Mas há limitações: eles não podem ser aplicados em plantas, por exemplo. A borra é um resíduo produzido diariamente na maioria das residências. Ela pode ser jogada sobre o solo dos jardins e hortas, na terra dos vasos ou dentro das bromélias. Não se deve diluí-la em água antes de aplicar.

A larva se intoxica ao ingerir extratos de borra do café. A quantidade de borra a ser utilizada depende da quantidade de água acumulada. Se o local contém o equivalente a meio copo de água de chuva ou de rega, por exemplo, duas colheres de sopa de borra bastam. A mesma quantidade de borra nova deve ser colocada a cada sete dias.

Outro inseticida/pesticida que pode e DEVE SER USADO é o K'Othrine

O melhor inseticida para combate ao mosquito da dengue e outros insetos é K'Othrine se compra em agropecuárias, e se mistura com água, se passai com bomba pulverizadora, pode ser até as bombas pequenas, não tem cheiro, não faz mal as pessoas e aos animais domésticos, não faz mal aos passarinhos, mata apenas insetos, e a ação é prolongada protege até por 3 meses, se deve borrifar nas paredes, nas plantas e no gramado, basta fazer uma boa aplicação na parte externa da casa, principalmente no jardim.

Os pernilongos em geral inclusive o da Dengue tem um ambiente de vôo e alcance em torno de 50mts ao redor de onde nasceram, vivem neste circulo ao redor, desta forma se dedetizar corretamente o jardim, plan plantas e o vizinho fizer o mesmo estaremos protegidos, e inclusive é excelente contra baratas e aranhas, de fato acaba com as pragas. Outros inseticidas como Malation tem cheiro residual desagradável, sugerimos usarem K'Othrine, muito mais barato do que os inseticidas aerossóis e mais eficiente.

Leia mais: http://www.combateadengue.com.br/prevencao-da-dengue/#ixzz3Qb72osD4

#dengue

14 visualizações

RESPONSÁVEL TÉCNICO:       dr. Juarez Furtado 

CRM6573  - RQE 3454  - RQE  14313

ENDEREÇO

AV.  Cel Marcos Konder 1207 sl.69

CENTRO - ITAJAI -  SC - 88301303

CONTATO

Telefone     47 3349.2960

Whatsapp   47 99118.2661

© 2014 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS   SAUDE EM DIA S/S